Campos de Baixa Frequência no Setor Elétrico

Image-1.jpg

Atualmente as medições de campos eletromagnéticos são cada vez mais necessárias devido a requisitos ambientais, normalização ou mesmo disputas judiciais. Neste contexto a CEMN está preparada para a medição de campos eletromagnéticos gerados por linhas de transmissão, subestações, ambientes fabris, complexos eólicos e estações de telecomunicações, além da simulação computacional e estudos do cunho especial.

Nossos trabalhos são realizados com isenção e agilidade, utilizando equipamentos modernos e devidamente calibrados, técnicas apuradas e disponibilidade para atuação em qualquer segmento ou local do território nacional.

Um dos grandes diferenciais da CEMN é que além dos equipamentos devidamente calibrados conforme recomendação do fabricante, a empresa possui um laboratório próprio para testar os equipamentos antes de irem para o campo, garantindo assim um quesito a mais no que diz respeito a garantia dos  valores apresentados nas medições.

 

RESOLUÇÃO ANEEL 398/2010

 

Os serviços oferecidos pela CEMN para o atendimento da Resolução ANEEL 398/2010 e da Resolução ANEEL 616/2014 possuem as seguintes características:

 

  • Medição do campo elétrico e magnético em usinas, linhas de transmissão, subestações e ambientes industriais em 60 Hz, 50 Hz e corrente contínua;
  • Simulação / cálculo do campo elétrico e magnético com possibilidade de simulações tridimensionais;
  • Elaboração do relatório técnico de medição ou cálculo em .PDF e no formato .XML;
  • Elaboração de relatórios de conformidade/adequação em conjunto  com estudos que embasam estes documentos;
  • Orientação para a obtenção de senha no sistema Duto da ANEEL;
  • Orientação para o envio dos relatórios à ANEEL;
  • Utilização de equipamentos calibrados no INMETRO e constantemente monitorados no laboratório próprio da CEMN no período "entre calibrações";
  • Medição tri-axial do campo elétrico e magnético fornecendo como resultado das medições o valor do vetor resultante das grandezas medidas;
  • Medição do valor true rms do campo elétrico e magnético;
  • Uso de filtros de medição que levam em consideração eventuais distorções harmônicas no sistema sob monitoramento;
  • Possibilidade de medição em qualquer ponto do país;
  • Medição de campo elétrico e campo magnético em conformidade com a norma ABNT NBR 25415 (Métodos de medição e níveis de referência para a exposição a campos elétricos e magnéticos na frequência de 50 Hz e 60 Hz) e com a norma IEEE Std 644-1994 (IEEE Standard Procedures for Mearurement of Power Frequency Electric and Magnetic Fields From AC Power Lines).

 

Simulação Computacional de Baixa Frequência

A CEMN esta apta a realizar as simulações computacionais de campos elétricos e campos magnéticos para atendimento a Resolução ANEEL 398/2010 e suas resoluções complementares.

  • Simulação de campo elétrico e magnético em baixa frequência e rádio – interferência para a previsão do comportamento de linhas de transmissão e distribuição de energia ainda em fase de projeto ou construção;
  • Análise do impacto da implantação de novos circuitos ou retrofit de linhas de transmissão e de distribuição nos níveis de campos eletromagnéticos;
  • Utilização de modelos matemáticos consolidados e devidamente validados.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________

A seguir são listados os dados necessários para solicitar uma proposta à CEMN:

 

Centrais geradoras: município, potência total, quantidade de geradores, se possui elevação de tensão e quantos transformadores cumprem esta tarefa.

Subestações: município, níveis de tensão e planta baixa com o arranjo físico dos equipamentos.

Linhas de transmissão: nível de tensão, quantidade de circuitos, comprimento e município de origem e destino.

keyboard_arrow_left Voltar